Blog Ilton Muller

Gramadozoo registra nascimento duplo de jaguatiricas

Espécie está ameaçada em função da caça predatória e pela destruição de seu habitat

O Gramadozoo registrou sábado (23) o nascimento de dois filhotes de jaguatirica. Com os olhos ainda fechados, os pequenos felinos permanecem aos cuidados da mãe. É o primeiro nascimento duplo registrado no parque, que conseguiu a reprodução da espécie em três outras oportunidades. Os técnicos da equipe estão monitorando a mamãe e seus bebês, mas optaram por não retirar os filhotes do recinto como forma de zelar pelo bem-estar animal. Após o desenvolvimento dos filhotes, a equipe fará exames e poderá descobrir o sexo dos recém-nascidos.

Conforme o veterinário Thomas Poulton, responsável técnico do Gramadozoo, a fêmea está cuidando muito bem dos seus filhotes. "Estamos tentando interferir o mínimo possível para não gerar estresse para a fêmea e para os filhotes. Os monitoramos por um local que apenas a gente consegue enxergar. Ela não consegue nos ver. Observamos que a fêmea está amamentando e até os levando para tomar sol. Ela está sendo uma mãe muito cuidadosa, o que é muito importante para a qualidade de vida e o crescimento dos animais", avalia Poulton.

 

Fato inédito no zoo gramadense

O veterinário comemora o nascimento duplo. "É um fato inédito aqui no zoo", afirma. Segundo ele, a espécie está ameaçada, especialmente, pela caça predatória e pela destruição de seu habitat. Poulton destaca que a reprodução em cativeiro demonstra adaptação ao manejo do Gramadozoo. "Conseguimos em outras oportunidades, mas sempre apenas um filhote. Quando ocorre a reprodução, é sinal de saúde e bem-estar animal", diz.

Crédito da foto: Halder Ramos /Gramadozoo

--

Tags:Meio ambiente

Confira outros posts

Arquitetos de Gramado projetam revitalização de cidade turística do RJ
Adolescentes com 16 e 17 anos seguem sendo vacinados em Gramado
O antigo prédio da Estação Férrea de Canela, na década de 90

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!