Blog Ilton Muller

Sindicato dos Trabalhadores na Hotelaria e Gastronomia faz pesquisa

Iniciativa objetiva embasar a campanha salarial da categoria

O Sindicato dos Trabalhadores na Hotelaria e Gastronomia de Gramado está fazendo uma pesquisa junto a categoria para buscar subsídios que possam contribuir para a campanha salarial de 2021. O formulário está disponível no link https://abre.ai/pesquisa-hotelariaegastronomia.

De acordo com o presidente do Sintrahg, Rodrigo Callas, “a pesquisa vai ajudar a entender melhor as principais necessidades dos trabalhadores e trabalhadoras da cidade”. O fomrulário pode ser respondido até 21 deste mês. Os participantes vão concorrer a um smartphone.

“Queremos construir nossas reivindicações com a opinião e participação da cartegoria. Nós merecemos valorização padrão Gramado”, afirma Rodrigo.

O objetivo do sindicato com a consulta é criar um processo participativo e inovador para estimular a democracia e a transparência na gestão sindical do segmento.

 

Live de lançamento da campanha

A campanha salarial foi deflagrada recentemente durante uma live que contou com as participações do presidente da CTB-RS, Guiomar Vidor, e da ex-secretária estadual do Turismo, especialista no setor, Abigail Pereira. “Se Gramado é reconhecida como um polo turístico no Brasil e na América Latina, isso também se deve a dois segmentos profissionais muito importantes que, com sua dedicação e a qualidade do seu trabalho, fazem a cidade funcionar e receber bem os visitantes: são os trabalhadores e as trabalhadoras da hotelaria e da gastronomia”, disse o presidente do Sintrahg, Rodrigo Callais.

O sindicalista acrescenta que a categoria sempre esteve na linha de frente, e foi uma das que mais sofreu com a pandemia. “Agora é preciso valorizar essa dedicação. Nossos salários vêm sendo corroídos pela inflação e perdendo poder de compra. Só em 2021, a cesta básica no RS teve aumento de mais de 25%. Além disso, é preciso manter e valorizar nossos direitos sociais da Convenção Coletiva – são os direitos que o Sindicato conquistou e que a nova lei trabalhista não garante mais”, completou.

 

Manutenção do diálogo

Callais reforçou a disposição para o diálogo com o setor patronal para que se chegue a um acordo positivo para a categoria. “Em breve vamos comunicar os trabalhadores e as trabalhadoras sobre o calendário de negociações, que deve iniciar após nossa assembleia do dia 23 de setembro. Nossa disposição é por uma negociação de alto nível, como é tradição na relação com o empresariado local”, frisou.

Tags:Mobilização

Confira outros posts

Hospital São Miguel recebe quadros como forma de agradecimento
Procon RS oferece tira-dúvidas no Whatsapp para cidades que não têm atendimento local
Universidade Feevale define como serão as aulas no segundo semestre letivo

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!