Blog Ilton Muller

Devotos fazem homenagens a Nossa Senhora do Caravaggio, em Canela

Com mais de 30 anos de estrada, caminhoneiro Ivan transportou imagem da santa em seu caminhão

 O canelense Ivan Neidro de Quadros, 51 anos, foi o motorista profissional convidado para transportar a imagem da santa na manhã deste domingo (23), na primeira romaria motorizada da 61ª Festa de Nossa Senhora do Caravaggio, em Canela A concentração dos veículos ocorreu em torno da Catedral de Pedras, de onde centenas de motoristas saíram em direção ao santuário, no bairro Saiqui. Na chegada, por volta das 9h30, ocorreu a bênção dos veículos e motoristas.
A segunda romaria ocorre na próxima quarta-feira (dia 26, feriado em Canela), dia de Nossa Senhora do Caravaggio. O evento inicia às 8h30, também com concentração no entorno da igreja Nossa Senhora de Lourdes. Às 14h30, no Santuário, ocorre uma missa drive-in (fieis devem permanecer nos carros), celebrada pelo bispo diocesano, dom Zeno Hastenteufel.
 
Motorista profissional viaja pelo Brasil há 23 anos
Ivan disse que estava inscrito há muitos anos para transportar a imagem peregrina e ficou emocionado com a missão. Ele, a esposa Verônica (foto) e familiares decoraram o caminhão na tarde de sábado. Motorista profissional há 30 anos, Ivan recorda que começou transportando toras de madeira entre São Francisco de Paula e Canela, e mais tarde bois. Quando comprou um caminhão maior foi para a estrada e passou a viajar pelo país. “Há 23 anos que estou na estrada. Só não fui para quatro Estados”, comenta Ivan, que no momento faz o transporte de produtos para a Inarcan, indústria canelense. Ivan e Verônica sempre foram devotos de Caravaggio e participam das romarias todos os anos. “Esse é o momento para agradecer a proteção dela|”, afirma Verônica. No transporte da imagem, o casal teve a companhia da filha Amanda, do genro Guilherme e da neta Isabela (oito meses).
 

Momento para agradecer
Pelo segundo ano consecutivo o casal de comerciantes Gilberto e Sueli Caberlon integram a comissão festeira de Nossa Senhora do Caravaggio. A pandemia prejudicou a realização das festas do ano passado e deste ano. “Estamos fazendo a festa dentro das possibilidades”, afirma Gilberto. O casal participa todos os anos da festa, pedindo e agradecendo as graças alcançadas “Este ano temos mais motivos para agradecer”, afirma Sueli, citando que Gilberto teve Covid e ficou 13 dias hospitalizado “Foi um momento difícil e Nossa Senhora nos manteve firmes e fortes para vencer esta etapa que está sendo bem difícil para muitas famílias”, afirma Sueli.
Muitos pagadores de promessas se dirigiram ao Santuário a pé, de pés descalços, carregando velas e flores para agradecer por graças alcançadas. 
 
 
Foto Romaria: crédito Diego Santos/Estrategiacom

Tags:Fé católica

Confira outros posts

Assistência Social de Canela orienta população sobre o Auxílio Emergencial
Hotel Laje de Pedra vai integrar a rede Kempinski. Reabertura será em 2024
Hospital de Canela compra respirador e monitor

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!