Blog Ilton Muller

Cátia Martins é formada há oito anos e tem dois empregos

“Hoje só tenho gratidão pela minha escolha profissional. E quero cada vez mais ajudar o próximo”

“Eu não escolhi a enfermagem, ela me escolheu”, afirma a Técnicas em Enfermagem Cátia Martins, formada há oito anos e que no momento trabalha na UBS Leodoro de Azevedo (unidade básica de saúde) e no HCC (Hospital de Canela ). “O histórico da minha mãe que ficou quase um ano hospitalizada entre UTI, e quadro  clínico, pessoas que vi trabalhar nesta área por amor. Assim eu decidi que era minha vez de ajudar o próximo”, explica Cátia, revelando os motivos da opção profissional. Antes disso trabalhava em área administrativa.
Questionada se a pandemia lhe deixou assustada ou com vontade de desistir em algum momento ela foi categórica: “Assutada sim, mas nunca com vontade de desistir e sim com vontade de fazer algo a mais pra ajudar tanto os pacientes quanto meus colegas, que estavam cansados. Foi aí que retornei para trabalhar no hospital”.
O susto veio, segundo ela, “quando vi que teríamos que usar máscaras como nos outros países. Nunca imaginei que chegaria até nós”.
Ela destaca que hoje “só tenho gratidão pela minha escolha profissional e quero cada vez mais ajudar o próximo”.

Tags:20 de maio: Dia do Técnico em Enfermagem

Confira outros posts

São Chico confirma a realização do 3º Festival Gastronômico da Batata  
Gramado vacina pessoas com 62 anos ou mais nesta segunda-feira
Comunicação da região perde uma das suas vozes mais atuantes

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!