Blog Ilton Muller

UCS Hortênsias coloca 104 novos profissionais no mercado

Número se refere a colações de grau previstas até este mês

Até o dia 14 de setembro, a UCS Hortênsias terá graduado 104 pessoas em 2021, de todos os seus cursos superiores, com as cerimônias seguindo as orientações preventivas contra a covid-19. Dessas, 31 colarão grau em formatura solene no dia 11, enquanto a maioria preferiu a solenidade em gabinete. Ainda, em março e abril deste ano, as formaturas foram realizadas virtualmente.

O contexto gerado pela pandemia exigiu adaptações pontuais nos estabelecimentos educacionais. No caso da Universidade de Caxias do Sul, as aulas presenciais deram lugar aos encontros on-line síncronos, ou seja, ao vivo pela internet.

A nova rotina integrada à vida dos acadêmicos fez com que as aulas fossem acompanhadas de casa ou de qualquer ambiente, por microcomputador, tablet ou smartphone. "Não houve outra alternativa. Após o primeiro semestre de 2020, tivemos retornos positivos quanto às aulas síncronas, que serviram para aperfeiçoar o sistema e estimular a inclusão digital de professores e estudantes", avalia a diretora do Campus Universitário da Região das Hortênsias, Margarete Lucca.

 

“Suprir a falta do olho no olho”

"Apesar do momento difícil e a carga mental ser maior, não tive problemas. Os professores com quem tive aula no último ano se dedicaram muito, tentaram ao máximo suprir a falta do olho no olho. Claro, eu fiquei um pouco chateada por concluir dessa forma, senti falta de estar na sala de aula e ir me despedindo aos poucos, mas acredito que a grande maioria se sentiu assim", diz Monique Zanin, recém-graduada em Direito.

Ela e outros formandos participaram da solenidade de gabinete realizada terça-feira (31), na UCS Hortênsias, quando também houve colação de grau dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Gastronomia e Gestão Comercial. Foi uma cerimônia simples, com distanciamento, máscaras e álcool em gel, mas marcante.

"Um turbilhão de sentimentos: a emoção de chegar à tão-sonhada hora. Gratidão por ter sido capaz e por ter o privilégio de estudar; a frustração pela pandemia e por não poder comemorar da forma que sempre planejei, festejando, mas ao mesmo tempo alegria por ter saúde e ter meus familiares bem no meio a tudo isso", conclui a jovem Monique.

 

Confira outros posts

Inscrições para seleção de propostas artísticas para a Semana Farroupilha 2021
EGR promete mais uma obra paliativa na Várzea Grande
Uma centenária história de fé

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!