Blog Ilton Muller

Escola Senador é finalista do prêmio Educação Empreendedora no RS

Iniciativa do Sebrae-RS reconhece trabalhos desenvolvidos pelas escolas

O Sebrae RS reconhece nesta terça-feira (15) os vencedores estaduais da 2ª edição do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora. A iniciativa tem o objetivo de reconhecer e valorizar práticas criativas e inovadoras de projetos que têm o potencial de oferecer ao ecossistema educacional soluções inspiradoras. Professores de 11 instituições de ensino oriundas de oito municípios gaúchos chegam à final da etapa Estadual da premiação. Entre eles estão educadores da Escola Municipal Senador Salgado Filho, do bairro Piratini. A cerimônia de premiação da etapa RS ocorre às 16h, no espaço Jardins Eventos, em Porto Alegre.

 

Projeto Handmade buscou incentivar o empreendedorismo

O projeto da Escola Senador foi realizado em 2019 e buscou incentivar o empreendedorismo entre os alunos do 8º ano. Foi desenvolvido pelos professores Márcia Borowski e Paulo Leandro dos Santos. No projeto, denominado “Handmade – Pequenos Empreendedores”, os alunos foram desafiados a criar um produto que depois seria vendido em uma feira na própria escola. Foi uma atividade que contemplou vários conteúdos das disciplinas da Base Nacional Curricular, sempre buscando uma aplicação prática. Na aula de artes eles puderam criar uma marca, na aula de ciências pensaram de que forma esse produto poderia ser sustentável e na aula de matemática eles analisaram qual seria o custo de produção e o lucro que a venda geraria, por exemplo. Por fim, a feira aconteceu e contou com a participação de toda a comunidade escolar. O lucro das vendas foi revertido para o tratamento de saúde de uma aluna da escola.

 

“Pensar no futuro dos alunos”

“Foi uma surpresa e uma alegria quando o Sebrae ligou para dizer que nosso projeto foi selecionado”, disse a professora idealizadora, Márcia Borowski, que fez a inscrição do projeto na 2ª Edição do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora.

Já o professor colaborador, Paulo Leandro Santos, acredita que foi uma atividade completa e muito importante. “O principal objetivo era pensar no futuro dos alunos e unir o ensino teórico da escola com a prática para a vida, porque quando a gente aprende fazendo, a gente não esquece mais”, destacou.

“Estamos na torcida, porque é um projeto muito bonito e que foi feito com muito amor e parceria, focado na aprendizagem e no que os alunos vão levar para a vida”, completou a professora Márcia.

 

Crédito: Ascom/PMG

Tags:Destaque educacional

Confira outros posts

Pinhão entra na alimentação dos animais do Gramadozoo
Várzea Grande agora tem um Fala Cidadão exclusivo: (54) 3286-8022
Rodeio de Gramado começa na próxima quinta-feira (8)

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!