Blog Ilton Muller

Concurso do IBGE tem 135 vagas na Região das Hortênsias

Em Gramado são 35 vagas

O IBGE publicou na sexta-feira (19), os editais para contratar temporariamente 204.307 pessoas para trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021. Em quatro municípios da Região das Hortênsias estão sendo oferecidas 115 vagas para recenseador, 4 para agente censitário supervisor (ACS) e 16 para agente censitário municipal (ACM). Os quadros de distribuição das vagas estão disponíveis para consulta no site do Cebraspe, empresa organizadora dos processos seletivos: www.cebraspe.org.br.
No concurso para recenseador, em Gramado são 35 vagas, sendo sete para PPP (Pessoa Preta ou Parda) e duas para PcD (Pessoa com Deficiência); em Canela, 42 vagas, das quais  oito oara PPPs e três para PcD; em Nova Petrópolis, são 21 vagas, sendo quatro para PPPs e duas para PcD; e em São Francisco de Paula, são 17 vagas sendo três para PPP e uma para PcD.
Já no outro concurso (ACM e ACS) são 20 vagas no total, sendo 1 para agente censitário supervisor em cada cidade. Já para o cargo de agente censitário municipal são  sete vagas em Canela, seis em Gramado, três em Nova Petrópolis e quatro em São Francisco. E pela legislação que regulamenta as cotas para PPPs e PcDs, são asseguradas uma vaga para PPPs em cada cidade e uma para PcD em Gramado e uma em Canela. 
Para concorrer às vagas reservadas, o candidato deverá, no ato da inscrição, optar por concorrer às vagas reservadas aos pretos ou pardos e autodeclarar-se preto ou pardo, conforme quesito cor ou raça utilizado pelo IBGE. No caso de PcDs, também deve ser feita esta opção no momento da inscrição, com apresentação de provas da condição de deficiência,


Inscrições encerram em março
As inscrições para ACM e ACS começaram na sexta-feira (19) e vão até 15 de março. Já para recenseador, as inscrições serão realizadas de 23 de fevereiro a 19 de março. Para concorrer à função de recenseador, o candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS, ensino médio concluído. No ato da inscrição, o candidato poderá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa de inscrição (R$ 39,49 para ACM e ACS, e R$ 25,77 para recenseador) poderá ser paga pela internet ou fisicamente em qualquer banco ou casa lotérica.  
As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para ACM e ACS, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária. A contratação temporária é regida pela Lei nº 8.745/1993.
Para as vagas de nível médio, os mais bem colocados em cada município ocuparão a vaga de ACM, que será o responsável pela coordenação da coleta do Censo 2021 na cidade. Já o ACS supervisionará as equipes de recenseadores. As remunerações dessas duas funções são de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.
Além do salário, ACM e ACS terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital. Já o recenseador terá ganho por produtividade.

Provas em datas diferentes
As provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas. Elas serão aplicadas no dia 18 de abril para ACM e ACS, e no dia 25 de abril para recenseadores. Essa diferença de datas permite ao candidato participar dos dois processos seletivos. O cronograma detalhado de ambos os processos seletivos está disponível nos editais.
Os candidatos a ACM e ACS farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 questões de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo programático está disponível no edital.
Já os candidatos a recenseador farão prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. 

Treinamento para recenseador é eliminatório
Além da prova, os recenseadores receberão treinamento presencial e à distância, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Para a parte presencial, também serão adotados protocolos sanitários contra a Covid-19.
Os candidatos que tiverem no mínimo 80% de frequência no treinamento farão jus a uma ajuda de custo. As contratações ocorrem logo em seguida. O trabalho de campo do Censo 2021 começa em agosto.

Censo 2021 vai visitar todos os municípios brasileiros

A partir de agosto até outubro deste ano,  cerca de 213 milhões de habitantes, em aproximadamente 71 milhões de endereços, serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país. A pesquisa revelará entre outras informações, as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo. Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do país. 

Confira outros posts

Festuris encerra com números positivos e novidade para 2022
Um tour pelo interior gramadense
Gramadense Nathan se destaca na equipe do Sesi-SP

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!