Blog Ilton Muller

Ateliê Miroh Lago Negro inova na produção de chocolates

Novo espaço tem vista privilegiada para o atrativo turístico

Na última sexta-feira (30), o chef chocolatier Ricardo Campos e sua esposa Ariane Raudenberg abriram as portas do novo ateliê Miroh Lago Negro, localizado em frente a um dos principais cartões postais de Gramado.   

A inauguração do novo negócio marca a inovação na produção de chocolates artesanais com o processo B2Bar (Bean to Bar),  já disseminado nos EUA e em alguns países da Europa e que prima pela qualidade de ponta a ponta, da escolha da amêndoa até o produto final.  

O espaço multifuncional vai proporcionar aos visitantes diferentes vivências com o universo do chocolate. Além da fábrica onde ocorre a produção, o local conta também com adega de cacau climatizada onde as sacas ficam armazenadas, Sala de Vidro criada para proporcionar experiências sensoriais, Sala de Aula para cursos destinados aos apaixonados pela iguaria e Confeitaria.  

A Miroh Lago Negro nasce da parceria entre o casal e a família Ziegler (Francis e Bernadete Ziegler), de Santa Catarina. Com, aproximadamente, R$ 3,5 milhões de investimentos, possui uma meta audaciosa: produzir um dos melhores chocolates do Brasil.

Na foto, o casal Ariane Raudenberg, Ricardo Campos e a filha Lizziê Campos

Créditos das fotos: Rafael Cavalli


 

Tags:Empreendedorismo

Confira outros posts

Festival de Golfe comemora os 50 anos do Gramado Golf Club
Sopa de lentilha é um dos sucessos da Festa da Colônia
Canela retoma aulas 100% presenciais nas escolas municipais

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!