Blog Ilton Muller

“A Igreja Metodista é uma comunidade missionária a serviço do povo”

Pastor Arthur Daniel Fula está à frente da comunidade em Gramado

A Igreja Metodista está comemorando 115 anos de presença em, Gramado. Atualmente, a comunidade está sendo atendida pelo pastor Artur Daniel Fula (foto), formado em Teologia  pela Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo. Também tem formação em Psicologia pela Universidade de Passo Fundo. É pastor há 26 anos e antes de Gramado atuou nas cidades de Erechim, Barão de Cotegipe, Getúlio Vargas, Sertão, Estação, Carazinho, Soledade, lbirapuitã, Bento Gonçalves, Garibaldi e Cachoeira do Sul.
Na época em que o templo esteve fechado em razão da Covid-19, os cultos foram realizados online. Agora, com a abertura parcial dos trabalhos, os cultos estão sendo realizados aos domingos às 10h e 19h. Nas quartas-feiras, às 18h30, também ocorrem celebrações. Os cultos são realizados seguindo os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias.
“O crescimento da Igreja tem sido gradual. Temos tido pessoas provenientes de outros estados congregado conosco”, afirma o pastor Arthur. 
“A Igreja Metodista é uma comunidade missionária a serviço do povo. E a Igreja Metodista está de braços abertos para  acolher o povo de Gramado e todos os que desejarem estar conosco, com todo o amor e carinho”, convida o pastor.

A origem da Igreja Metodista
O Metodismo começou na Inglaterra, no século 18, a partir da experiência de fé de um jovem pastor anglicano chamado John Wesley (1703-1791). Quando era estudante da Universidade de Oxford, Wesley foi um dos líderes de um grupo de cristãos que se reunia regularmente com o objetivo de aperfeiçoar sua vida espiritual. Por causa de seus hábitos metódicos de estudo e oração, os estudantes acabaram sendo apelidados de "metodistas". Em 1738, Wesley sentiu-se chamado a renovar a Igreja Anglicana e a sociedade em que vivia, buscando a vivência de santidade individual e social. A mensagem de conversão individual e transformação da sociedade fez o movimento metodista crescer na Inglaterra e resultou na fundação da Igreja Metodista.
Trazida por missionários americanos, a igreja chegou ao Brasil em 1867 e no Rio Grande do Sul em 1885. Onze anos depois criou raízes em Gramado.

Tags:115 anos

Confira outros posts

Definidos os inscritos na 12ª Coletiva de Artistas Visuais de Gramado
Como economizar com cupons em Gramado
Caxias do Sul voltará a integrar a Região da Uva e Vinho

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!