Blog Ilton Muller

Sessão da Câmara é marcada por manifestações sobre igualdade de gênero

Ação faz parte da campanha Eles por Elas e integra celebrações da Semana da Mulher

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Gramado desta segunda-feira (7), foi marcada por falas importantes sobre a igualdade de gênero na política e na sociedade como um todo. A advogada Anne Grahl Müller (foto acima) utilizou a tribuna para falar do sentido reflexivo do Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta terça. A presidente da OAB/RS Subseção Gramado e Canela destacou em tribuna a desigualdade que as mulheres sofrem em relação aos homens no mercado de trabalho.

"Em 2021, pela primeira vez, o número de advogadas superou o número de advogados no Brasil. E uma pesquisa da Caixa de Assistência da Advocacia do Rio de Janeiro levantou que advogadas recebem 25% menos do que os homens e têm uma ascensão mais lenta. E não é só no meio jurídico, provoco quem me ouve a apontar pesquisa que indique em qual profissão mulheres são melhor remuneradas do que os homens?", questionou.

 

Casa de Acolhimento Vitória

Anne falou, ainda, sobre o projeto da Casa Vitória, em Canela, casa de acolhimento a vítimas de violência doméstica que a OAB ajudou a tirar do papel, e informou que a Subseção atendeu mais de 300 orientações jurídicas envolvendo este tipo de agressão. Em Gramado, a Ordem também ofereceu apoio à abertura do Centro de Apoio de Referência à Mulher.

Na sequência, o advogado e professor de Processo Penal, Mateus Marques, abordou a violência parlamentar de gênero. "Não é de hoje que a política é um palco masculino. Apenas em 2016 o Senado Federal passou a ter um banheiro feminino", citou. Marques detalhou que o conceito é amplo e inclui tipos de violência física, econômica, psicológica e simbólica, além de práticas como cerceamento da liberdade de expressão, intimidação na participação de espaços públicos e na atuação da política, além de disseminação de notícias falsas (fake news).

"A violência política tem semelhanças com os discursos de ódio, já que usa mecanismos de poder e opressão contra pessoas com determinada identidade como forma de reafirmar ameaças contra hierarquias tradicionais. Além disso, é considerada como uma possível forma de impedir ou diminuir a participação das mulheres como candidatas e posteriormente a atuação em seus mandatos", exemplificou.

 

Ações especiais do Legislativo

Em 2021, a Câmara de Vereadores de Gramado aderiu ao movimento Eles por Elas, o He for She, promovido pela ONU Mulheres. Desde então, a Casa Legislativa assumiu o compromisso de estimular debates e reflexões sobre a igualdade de gênero. Nesta Semana da Mulher, a Casa Legislativa de Gramado promove desde a última sexta-feira, dia 4, ações voltadas à data.

Nas redes sociais da Câmara é possível acompanhar uma série de vídeos que abordam a importância da campanha e também destacam a ascensão da presença feminina em diferentes setores da comunidade como no agronegócio, no empreendedorismo, na segurança pública e na política.

Mulheres como a agricultora Cássia Augsten, a empresária Jussara Höppner e a policial militar Mariceles Stocco falaram sobre os desafios de ser mulher no meio em que atuam. O vídeo que vai ao ar nesta terça-feira, dia 8, fala sobre a mulher na política e tem como entrevistada Rosi Ecker Schmitt, a única vereadora mulher de Gramado atualmente.

 

Fotos: Letícia de Lima/Câmara de Gramado

 

--

Tags:Dia da Mulher

Confira outros posts

Gramado Summit terá batalha entre startups para captação de investimento
17ª Gramado Casa Show inicia na próxima sexta-feira
Sbørnia Kontra`Atracka é hoje (sexta-feira)

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!