Blog Ilton Muller

Noite do Educavídeo no Festival de Cinema será dia 12 de agosto

Serão apresentados cinco filmes, sendo três inéditos

A participação do Programa Municipal Escola de Cinema – Educavídeo no 49º Festival de Cinema de Gramado será no dia 12 de agosto. Novamente, o programa será a avant-première do festival. E, neste ano, devido, novamente, às restrições sanitárias impostas pela pandemia de Covid-19, a apresentação das produções dos alunos da rede pública de Gramado será diferente: completamente virtual. O Educavídeo é promovido pela Secretaria Municipal da Educação em parceria com a Gramadotur desde 2011 e visa a produção audiovisual entre os alunos da rede pública.

Em 2020, no primeiro ano da pandemia, a noite do Educavídeo foi em formato de live. No palco do Palácio dos Festivais, dois ex-alunos e, hoje, profissionais de jornalismo e teatro, Victoria Feijó e Pedro Bertoldi, respectivamente, apresentaram a atração, que fez uma retrospectiva dos 10 anos de atuação do programa, exibindo curtas que marcaram época ou receberam premiações, além da participação de ex-alunos e ex-professores.

 

O programa deste ano terá produções inéditas,

Para esta nova edição, um programa especial foi gravado no Museu do Festival de Cinema e terá a apresentação da aluna da turma do Avançado, Bianca Fioreze. O programa trará produções inéditas, sendo que três delas foram finalizadas no segundo semestre de 2019: os curtas Mãe É Tudo Igual, da turma do Iniciante; Batendo a Meta, da turma Especial Mosés Bezzi e Frágil, da turma do Intermediário. Além dessas, terão produções feitas no primeiro semestre de 2021: o curta Player 1, da turma do Intermediário e o média-metragem Entre Vidraças, da turma do Avançado.

“Nesta edição, os expectadores poderão ver produções feitas antes da pandemia e aquelas que foram feitas este ano, com o retorno das aulas no modelo à distância, de forma remota e as gravações que ocorreram também de modo virtual. Grande parte das cenas foram feitas pelos alunos, em casa, usando celulares, outras foram feitas utilizando programas de videochamada e, apenas uma cena, foi feita presencialmente, observando regras como uso de máscara, distanciamento social e restrição de participantes”, conta a professora, Thayse Martins.

Além das produções, o programa especial contará com depoimentos de alunos que participaram das gravações e autoridades. O especial vai ao ar no dia 12 de agosto, a partir das 19h, no canal do Educavídeo no YouTube e também pelo site do Festival de Cinema de Gramado.

 

Serviço:

O que: Noite do Educavídeo no Festival de Cinema de Gramado

Quando: 12 de agosto (quinta-feira)

Horário: 19h

Onde: Canal do Educavídeo no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC1cuHCWEFcsFdWw7CG3QoIQ

Site do Festival de Cinema: http://www.festivaldegramado.net/

 

Sinopse dos filmes:

Mãe é tudo igual: Uma jovem adulta descobre que está grávida e procura a mãe para contar a novidade. A futura avó, dona Margaretty, fica emocionada, mas Thalya está apreensiva com as mudanças que vão ocorrer em sua vida e a responsabilidade de ser mãe. Mais experiente, dona Margaretty resolve fazer uma espécie de "manual" de como ser mãe. Quais serão as lições que Margaretty vai repassar à filha? As risadas estão garantidas com as peripécias de Marga e seus cinco filhos: Thalya, Nanda, Ricardo, Rosa e Sabrina.

 

Batendo a Meta: Um serial killer tem uma meta semanal de assassinatos para cumprir, no entanto, ele enfrenta alguns obstáculos, um deles é envolvimento com suas vítimas. Será que ele vai conseguir bater a meta da semana? O filme "Batendo a meta" é uma sátira aos filmes de terror e de suspense.

 

Frágil: Ariel é um menino que enfrenta muitas brincadeiras e piadinhas na escola e também em casa. Isso porque ele não se enquadra no chamado perfil típico de masculinidade. O rapaz tem mais amigas e não gosta de esportes. As dificuldades familiares e no ambiente escolar põe em xeque os padrões de masculinidade.

 

Player 1: Isolados em casa, todos os dias parecem iguais, o tempo parece passar devagar e você já não sabe mais o que fazer... Até onde você iria para acabar com o tédio na quarentena? Um grupo de amigos entrará em um jogo que só tem um vencedor.

 

Entre Vidraças: Duas vizinhas que não se conheciam antes da quarentena, passam a conversar por cartazes que ambas penduram em suas janelas, inclusive se ajudam para resolverem problemas pessoais, mesmo nunca tendo se encontrado antes.

 

Crédito: Ascom/Prefeitura de Gramado

Tags:Produções locais

Confira outros posts

Final de semana teve ensaios e audição de espetáculos do 36º Natal Luz
Corte de cabelo solidário para ajudar o menino Gustavo, em Canela
ContFarma inaugura novo modelo de farmácia em São Chico

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!