Blog Ilton Muller

Municípios podem reduzir exigências protocolos sanitários

Membros da Amesne/Macrosserra decidiram flexibilizar medidas prevenção

Os prefeitos e membros da Associação dos Municípios da Encosta Superior Nordeste (Amesne) e também chamada Macrorregião da Serra, aprovaram a flexibilização de algumas medidas anunciadas pelo Governo do Estado, no decreto Nº 56.120, publicado na noite de sexta-feira (1°). O decreto estadual foi avaliado em reunião virtual ocorrida na tarde de sábado. As mudanças foram aprovadas por unanimidade. No entanto, os municípios publicarão seus decretos próprios nesta segunda-feira (4) com as devidas alterações em seus protocolos de saúde. O presidente da Amesne e prefeito de Farroupilha Fabiano Feltrin, salientou que todas as cidades possuem a autonomia e permissão de deixarem seus protocolos mais rígidos, se assim desejarem.

Entre as principais alterações nos protocolos regionais em comparação com as apresentadas pelo Governo do Estado, estão: retirada da proibição de consumo de alimentos e bebidas nos pátios dos postos de combustíveis; o distanciamento de somente 1 metro entre as pessoas em Feiras e nos salões de beleza (era de 2 metros); distanciamento de 2 metros em shows (era de 4 metros); aumento do número de pessoas permitidas por mesa nos estabelecimentos alimentícios; extinção da exigência de passaporte vacinal para acesso a determinados estabelecimentos; permissão para a compra de ingressos presenciais e não somente online; entre outras.

O prefeito de Canela, Constantino Orsolin (foto), participou da reunião virtual.

 

Números da região contribuíram para a flexibilização

A diminuição nas restrições, segundo Feltrin, estão amparados na redução dos casos e de internações hospitalares na Região Macrosserra. Segundo Feltrin, o comitê técnico regional da Amesne avaliou que a região tem 47% da população imunizada com as duas doses ou dose única; 72% da população tem a primeira dose aplicada; 44% dos leitos ocupados de todas as enfermidades, ou seja, “um declínio muito grande daquele que passávamos, com UTIs lotadas”; queda em novas entradas em UTIs; e taxa de mortalidade 12% menor na Serra Gaúcha do que a média no Estado.

Tags:Com decretos municipais

Confira outros posts

Inscrições para seleção de propostas artísticas para a Semana Farroupilha 2021
Pelotão de Força Tática do 1º BPAT realizou instrução
Casa da Mulher promove chá beneficente

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!