Blog Ilton Muller

Gramadozoo participa de campanha para reduzir atropelamentos de fauna silvestre

Estimativa aponta que mais de 475 milhões de animais silvestres são atropelados anualmente no Brasil

O Gramadozoo está participando do “Dia Nacional do Urubuzar”, uma das maiores campanhas de conservação da vida silvestre no Brasil, que reúne universidades, zoológicos e aquários, ONGs, concessionárias de rodovias e outros segmentos da sociedade. Com o tema “Ajudar é o Bicho!”, o objetivo da ação é reduzir o número de atropelamentos de animais nas rodovias e

ferrovias brasileiras e mostrar que cada cidadão pode colaborar na redução dos acidentes utilizando o aplicativo “Sistema Urubu”.

Até 19 de novembro, os técnicos do Gramadozoo estarão realizando blitzes de conscientização com visitantes e palestras com grupos escolares alertando para os impactos causados pelos atropelamentos e incentivando o uso do“Sistema Urubu”, que mapeia os pontos com mais ocorrência de acidentes e que pode ser baixado gratuitamente no celular. “Estamos incentivando os

visitantes a utilizarem o aplicativo, que permite que o cidadão faça parte da coleta de dados. O Sistema Urubu compila os dados e consegue mapear as áreas com maior risco de atropelamentos para que medidas sejam tomadas”, afirma a bióloga Tathiana Gosaric, responsável técnica do Gramadozoo.

 

Bem estar animal

O zoo de Gramado recebe cotidianamente animais vítimas da ação humana. Os que não podem mais viver em vida livre são incorporados ao plantel do parque. Um exemplo é uma fêmea de graxaim-do-mato. Com certa dificuldade de locomoção por conta de uma cirurgia na pata traseira, o animal vive no Gramadozoo desde o final de 2020. É uma exceção entre os mais de 475

milhões que são atropelados anualmente em rodovias do Brasil: conseguiu sobreviver ao acidente. No entanto, sem poder ser reinserida na natureza pela gravidade das lesões, a fêmea foi encaminhada para o zoo para viver em condições de bem-estar. “Ela foi resgatada, passou por cirurgia para a colocação de uma placa na pata e vive bem, mas não pode mais viver em vida

livre. Aqui oferecemos as condições que o animal necessita para viver com bem-estar”, afirma Tathiana.

 

SAIBA MAIS

Dados de atropelamento de fauna no Brasil

Todos os anos milhares de vidas, humanas e de animais, são perdidas nas estradas brasileiras devido aos atropelamentos. Segundo estimativas do Centro Brasileiro de Ecologia de Estradas (CBEE) da Universidade Federal de Lavras, o número de animais vítimas ultrapassa os 475 milhões.

Mais de 90% destes animais são de pequeno porte, como sapos e pequenas aves, que muitas vezes passam despercebidos quando trafegamos em alta velocidade nas estradas, mas quase cinco milhões são animais de grande porte, como capivaras, antas e grandes felinos. O último grupo, geralmente, ocasiona acidentes graves, com perdas de vidas humanas e danos materiais.

 

Como ajudar a mudar essa realidade?

Em 2014, foi criado um aplicativo de celular, chamado Sistema Urubu, que permite a qualquer cidadão contribuir com a conservação, protegendo animais silvestres de atropelamentos. Uma nova versão do aplicativo, mais interativa e cheia de novidades, foi lançada em 2021 e está disponível gratuitamente para Android e iOS.

Cada pessoa, tendo este aplicativo em mãos tem o poder de fazer a diferença. Quanto mais pessoas para "urubuzar", mais exatos são os dados e as medidas que podem ser tomadas. Assim, cria-se uma rede em que as atividades têm um impacto real na proteção dos animais silvestres.

O que é o Dia Nacional de Urubuzar?

O Dia Nacional de Urubuzar é uma data voltada para a sensibilização da sociedade brasileira sobre os impactos de rodovias e ferrovias na nossa biodiversidade. A união de forças em prol da redução da morte de animais gerou a parceria entre a EnvironBIT, Klabin, Universidade Federal de Lavras, AZAB e dezenas de outras instituições em todo o Brasil, para a organização do Dia Nacional de Urubuzar 2022. Este ano, o DNU tem como tema a campanha "Ajudar é o Bicho!", iniciada em abril e que tem seu ápice no DNU.

 


--

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:Meio ambiente

Confira outros posts

Rabicho, uma obra de engenharia única na América do Sul
Aplicadas quase 8 mil doses em Gramado
Queda em fenda rochosa e socorro de helicóptero depois de três horas ferido e imobilizado

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!