Blog Ilton Muller

Gramado tem grupo de apoio ao combate do tabagismo

Reuniões para quem quer deixar de fumar ocorrem semanlmente

A Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde de Gramado retomou as atividades voltadas ao antitabagismo na última sexta-feira (10). O último encontro havia sido realizado em março de 2019 e o atendimento passou a ser individualizado em abril de 2021. A retomada sistemática de grupos conforme capacitação do Ministério da Saúde e Instituto Nacional de Câncer (Inca) foi realizada no auditório da Secretaria da Saúde, com uma equipe de vários profissionais, respeitando todos os protocolos sanitários.

O grupo de controle do tabagismo é um projeto gratuito da Prefeitura de Gramado para quem deseja parar de fumar. O fumante pode buscar ajuda nos postos de saúde da cidade, onde receberá encaminhamento para o tratamento. Atualmente, o município conta com um grupo, mas a ideia é orientar as equipes das unidades de saúde de outros bairros e assim decentralizar os encontros.

As reuniões acontecem quatro vezes por semana no primeiro mês e depois com maior intervalo de tempo. Os interessados devem procurar os postos de saúde de seus respectivos bairros ou entrar em contato direto com a Vigilância em Saúde através do número (54) 3295-7100.

 

O que é necessário para participar dos encontros:

– Ter encaminhamento do profissional de saúde (nutricionista, enfermeiro, médico, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, etc.);

– Ter cartão do SUS atualizado do município;

– Apresentar atestado de vacinação (hepatite B, triplice-viral, febre amarela e duplo adulto);

– Apresentar o comprovante das duas doses da vacina contra o Covid-19 realizada, ou para realizar a segunda dose (agendadas para os próximos meses), após realizada a segunda dose, aguardar 15 dias para apresentar o comprovante a ser inserido no grupo.

Crédito: Ascom/Prefeitura de Gramado

 

Tags:Saúde

Confira outros posts

Um tour pelo interior gramadense
Gabinete da Primeira-Dama distribui máscaras a 300 estudantes
Municípios da Amserra definem que adotarão medidas restritivas semelhantes

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!