Blog Ilton Muller

Gramado in Concert vai reunir 350 estudantes de nove países

Evento ocorre de 3 a 11 de fevereiro com mais de 20 concertos e recitais

O IX Gramado in Concert, que ocorre de 3 a 11 de fevereiro, vai reunir 350 alunos de música de nove países: Brasil, Argentina, Chile, Equador, Japão, México, Paraguai, Peru e Uruguai. Com direção de Leandro Libardi Serafim e Allan John Lino, o evento é uma realização da Gramadotur, autarquia municipal responsável pelos grandes eventos públicos de Gramado. O festival internacional abre o calendário de eventos em 2023. Totalmente gratuito ao público, o festival vai levar música de qualidade para diversos locais de Gramado.

 

Música por toda a cidade

Além de aulas na Escola Municipal Senador Salgado Filho, o evento terá 10 concertos no Expogramado, nove concertos itinerantes em hotéis e instituições sociais, seis concertos e recitais na Igreja do Relógio e três recitais na Vila do Vinho da praça das Etnias, dentro da programação da 2ª Vindima em Gramado. O Vita Boulevard receberá nove concertos e recitais, além da festa de encerramento com a Big Band do Festival. Outra atração da programação é o projeto Conhecendo o Festival, que terá 10 formações de elenco na Escola Senador. Turistas e gramadenses podem visitar os bastidores do evento e aprender curiosidades sobre os instrumentos sinfônicos, os naipes, os repertórios e a função do maestro.

 

Pedagógico e turístico

Com 798 inscritos, o IX Gramado in Concert ampliou o número de vagas de 260 para 350 alunos. "Criamos a categoria ouvinte, que selecionou 39 alunos a mais, e ampliamos o número de vagas na categoria sem hospedagem devido ao grande interesse dos alunos. Com a categoria ouvinte, procuramos contemplar estudantes da região no intuito de incentivar a estudarem música e poderem buscar aprimoramento", destaca Serafim.

O diretor destaca que o festival possui três pilares fundamentais: cultural, pedagógico e turístico. "Com uma programação artística de alto nível e de acesso gratuito ao público, o festival oferece um excelente atrativo para turistas interessados em roteiros culturais. Também é pedagógico ao propor oficinas de instrumentos e práticas de orquestra para estudantes de música brasileiros e do exterior, conduzidas por professores do cenário nacional e internacional", afirma.

 

Atuar na profissionalização de jovens

O diretor Allan John Lino destaca que o objetivo principal é atuar na profissionalização de jovens músicos brasileiros e estrangeiros, além de democratizar, encantar e popularizar a música erudita. "Durante o festival, o ar de jovialidade vai se espalhar pelas ruas, praças, salas de concerto, igrejas. Enfim, por todos os lugares. Além de artistas consagrados, diversos alunos estarão compartilhando sua música com turistas e moradores. Nós somos isso. Somos a boa música em sua mais bela forma. Somos o Gramado In Concert. A música é a essência da vida!", conclui Lino.

 

Foto: Rafael Cavalli/Arquivo

Tags:14ª edição

Confira outros posts

Câmara autoriza repasse de mais R$ 250 mil para transporte coletivo
Academia Municipal de Canela retoma as aulas de dança
A partir desta quarta-feira (29) tem vacinação para quem se inscreveu na Saúde

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!