Blog Ilton Muller

Governo estadual anuncia plano de concessões que inclui as estradas da região

No plano de obras, pavimentação da estrada Serra Grande-Santa Maria do Herval ficará para “depois” de 2022

O Governo do Estado anunciou na tarde desta quarta-feira (9) os planos de obras e de concessões de estradas. Os dois projetos incluem as estradas da região das Hortênsias e Campos de Cima da Serra.
O plano de investimentos prevê a pavimentações regionais, como a ligação (foto) entre a Serra Grande (Gramado) e o município de Santa Maria do Herval (RS-373). São 17,2 quilômetros de rodovia, com investimento previsto de R$ 27,6 milhões. A obra deve ficar pronta “após 2022” anunciou o governo estadual.
Outras obras que impactam na região são a recuperação de três três trechos de estradas: RS-020, 77 quilômetros entre Cambará do Sul e Taquara, no valor de R$ 11,7 milhões; RS-453 (Rota do Sol), 40 quilômetros, entre Lajeado Grande e Tainhas, somando R$ 4,8 milhões; e RS-110, de Várzea do Cedro a Bom Jesus, totalizando 74 quilômetros, no valor de R$ 4,7 milhões.
O plano de obras também  prevê a conclusão de ligações de três trechos na região: entre Cambará do Sul e São José dos Ausentes, na RS-020; Rota do Sol (RS-453), entre Tainhas e Cambará do Sul; e no acesso a Itaimbezinho, na RS-020.

Concessões das estradas e extinção da EGR
No mesmo evento o governador Edurdo Leite anunciou o plano de concessões de estradas, dividindo o Estado em três lotes.;. O critério adotado para a divisão focou em proximidade geográfica, lotes viáveis sob forma de concessão comum e extensão capaz de atrair o maior número de investidores. 
As estradas das Hortênsias foram incluídas no Lote 1, que abrangem, ainda, as regiões Metropolitana, Vale do Sinos e Vale do Paranhana: RS-020 (Gravataí-Taquara-São Francisco de Paula-São José dos Ausentes), RS-040 (Viamão-Pinhal), RS-115 (Taquara-Gramado), RS-118 (Sapucaia do Sul-Viamão), RS-235 (Nova Petrópolis-São Francisco de Paula, RS-239 (Estância Velha-Rolante), RS-466 (estrada do Caracol) e RS-474 (Taquara-Santo Antônio da Patrulha).
Na ocasião, Leite também confirmou a extinção da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), que atualmente administra a maioria das estradas que fazem parte do pacote de concessões. O encerramento das atividades da EGR ocorrerá quando as empresas vencedoras dos leilões, que devem acontecer em dezembro, assumirem os lotes das rodovias.
Ainda neste mês, as secretarias de Parcerias e de Planejamento, Governança e Gestão apresentarão outras informações, como localização das praças de pedágio e valores das tarifas. A consulta e audiências públicas serão realizadas em junho e julho. A população também poderá participar do processo por meio digital.

Foto: Ilton Müller

Tags:Mobilidade

Confira outros posts

Gramado amplia a vacinação para novos grupos a partir da próxima terça-feira
Ex-promotor de Gramado atua em caso do senador Flávio Bolsonaro
Semana Farroupilha de Canela terá atrações virtuais

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!