Blog Ilton Muller

Desfile de Carretas, uma tradição que orgulha os descendentes de imigrantes

Homenagens e valorização do interior no evento que ocorre de novo no sábado (14)

O trabalho, a alegria e a cultura das imigrações alemã, italiana e portuguesa foram apresentadas na tarde deste sábado (7) no Desfile de Carretas da 31ª Festa da Colônia de Gramado. O evento ocorreu na avenida Borges de Medeiros, reunindo 14 carretas, que transportaram produtos, equipamentos usados nas propriedades rurais, além de moradores das localidades do interior.
Teve a participação, ainda, de bandas típicas, corais e grupos de danças folclóricas do município.

“Esta festa não pode parar. Quase não se usa mais carretas nas colônias, mas temos que manter esta tradição”, afirma Darci Model, da Linha Marcondes, que participa “desde a primeira carreteada”. Ele lembra que antes de ocorrerem os desfiles, foi realizada uma corrida de carretas entre a Linha Bonita e o Mato Queimado. “Só depois começaram os desfiles e participei de todos eles”, orgulha-se Model. Ele mantém quatro carretas na sua propriedade para desfilar na Festa da Colônia. Ele entende que esta é a contribuição que pode dar para manter esta tradição.

 

Luis Cunha, descendente de portugueses

Quem também desfilou orgulhoso da sua etnia foi o português Luis Cunha, que reside em Gramado desde 1986, onde se estabeleceu com uma locadora de vídeos. “Sempre acompanhei a Festa da Colônia, mas é a primeira vez que participo do desfile”, afirmou Cunha que estava na carreta que representava a CLARH - Centro Luso Açoriano Região das Hortênsias/Casa Portuguesa Gramado. “É um orgulho participar deste momento”, afirmou ele.

Os turistas se aglomeraram nos dois lados da Avenida Borges de Medeiros para assistir ao desfile. A maior concentração ocorreu nas proximidades do Palácio dos Festivais. Há um dia em Gramado, o casal Ana da Silva e Isaque Machado da Silva, do Rio de Janeiro, foi ao Centro de Gramado para assistir ao desfile com os filhos Arthur e Pedro. “Estamos adorando Gramado”, afirmou Ana, enquanto apontava as carretas e boi para os filhos. Ela elogiou o desfile, que apresenta o interior do município. Citou que já tinha visto um desfile semelhante numa cidade do interior do Rio de Janeiro, “mas não foi tão bonito como este”.

 

Homenagem a Remi Parmegiani

Uma das carretas homenageou Remi Parmegiani, falecido este ano, que foi um dos colaboradores da Festa da Colônia, especialmente do Desfile de Carretas. Nela tinha o chapéu, lenço e o par de botas que Remi usava costumeiramente no evento.

O segundo Desfile de Carretas da 31ª Festa da Colônia de Gramado acontece no próximo sábado, dia 14 de maio, às 16 horas.

A Festa da Colônia acontece até o próximo domingo, dia 15 de maio, no Expogramado, com entrada e estacionamento gratuito.

 

Crédito das fotos: Cleiton Thiele

Tags:Do interior para a cidade

Confira outros posts

Continua a troca de alimentos por ingressos do Natal Luz
Gramado abre inscrições para projetos esportivos
Curso gratuito de Turismo Rural está sendo realizado na Linha Furna

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!