Blog Ilton Muller

Bonecos da Montanha, longe dos palcos, mas perto do público

 Carlão é um dos protagonistas do trabalho do grupo nas redes sociais

Quando a pandemia surgiu em março de 2020, os bonequeiros Nelson Haas e Beth Bado iniciaram as esperadas reformas no Atelier dos Bonequeiros, pensando em melhor receber os visitantes. A reforma foi finalizada e em junho, o grupo percebeu que a situação não se alteraria tão rapidamente. Recebiam constantes mensagens do público dizendo que estavam com saudades do Carlão, do Zico e dos outros bonecos do grupo.
"Criamos coragem e nos aventuramos no mundo digital", conta Beth Bado.  Em junho de 2020 iniciaram a produção de vídeos e tudo o mais que envolve o universo de um canal no YouTube e uma presença mais constante nas redes sociais.
Hoje, um ano depois da estreia do canal "Boneco Carlão" já são centenas de pessoas nesta comunidade virtual, trocando experiências e se ajudando a atravessar este momento delicado, tudo de forma orgânica, pois a trupe não patrocina ou impulsiona conteúdo. O boca-a-boca é a divulgação do "Boneco Carlão" no YouTube, que já possui mais de 60 vídeos e foi pensado para o público adulto, onde os bonequeiros Nelson e Beth disponibilizam temas em formato de webséries com episódios semanais. Meio Ambiente, História do Teatro de Bonecos, O que fazer em casa, entre outros, são os temas escolhidos por eles.

Lives semanais
Com o passar dos meses, a necessidade de interação com expectador levou o grupo Bonecos da Montanha a promover uma live semanal do Boneco Carlão, no Instagram @bonecocarlao. De forma descontraída, todas terças feiras, às 21h, Carlão e outros bonecos conversam com a audiência sobre os comentários feitos no YouTube, dúvidas, dicas e trocas. Eles divulgam também outros grupos de bonequeiros que também estão trabalhando virtualmente. As lives são dançantes e com muito alto astral, pois quem o conhece o "Bonecos da Montanha" do Festival Bonecos Canela, sabe que o humor e a alegria são a tônica deste grupo.
Neste formato ao vivo, o grupo obtém, via PIX, auxílio financeiro para os quatro integrantes envolvidos na produção de conteúdo:  Márcia Rosi da Rosa, que faz captação das imagens para as webseries; Lucas Fialho, o suporte técnico nas lives e os bonequeiros Nelson Haas e Beth Bado.

Mundo digital é um desafio
Bete, bonequeira e responsável pelo conteúdo do canal e mídias sociais do Carlão e do Bonecos da Montanha, conta que foi desafiador entrar no mundo digital. "Nunca havíamos trabalhado com vídeo. A dramaturgia é muito diferente da apresentação ao vivo; aprendemos a editar, renderizar, sincronizar imagens e o som. Estas coisas foram e são um desafio para nós". E, como bem diz o Boneco Carlão, o canal é "um espaço de amigos para amigos" sem o compromisso e a rigidez de um programa de TV, por exemplo.
Já Nelson Haas, ressalta "a necessidade de manter a troca com o público que a gente sempre encontrava e que devido ao momento, estávamos 'órfãos': nós deles e eles de nós. Além da dor que todos sentimos com as mazelas trazidas por esta pandemia em todo o planeta".
O Bonecos da Montanha se reinventou e buscou o lado positivo deste momento, investigando uma nova linguagem e levando conteúdos úteis a seu público. Hoje, além das produções virtuais, o grupo realiza mentorias aos interessados nesta arte do Teatro de Bonecos.


Em evento internacional
O grupo também estará representando o Brasil no 7º Festival Internacional de la Palabra en Escena, reconhecido Festival das Artes Cênicas que, pelo segundo ano será totalmente virtual, de 12 a 20 de junho, com transmissão pelo Facebook: festivalinternacionaldelapalabraenescena.
Além disso, o Atelier dos Bonequeiros, no interior de Gramado, está aberto à visitação de pequenos grupos, sob agendamento, pelo whatsapp (54) 99189-7927.
 

 
Crédito das fotos: Marcia Rosi da Rosa

Tags:No mundo digital

Confira outros posts

Gramado aplicou hoje somente 40 doses da CoronaVac, 100 a menos do que o anunciado
Sindtur procura profissionais para preencher vagas do Banco de Talentos
Lar de idosos Stein-CRERH já está com 50% das obras executadas

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!