Blog Ilton Muller

20 de maio é dia do Técnico em Enfermagem. Alta empregabilidade e vocação para cuidar do próximo explicam procura pela profissão

Curso da ACM Hortênsias, em Canela, já formou mais de 600 profissionais desde 2003. E tem quatro turmas em andamento


Apesar da pandemia assustar e atingir os que estão na linha de frente do coronavírus, a procura pela profissão de Técnico em Enfermagem está em ritmo crescente. Um exemplo disso é a ACM Hortênsias que está com quatro turmas em andamento do curso Técnico em Enfermagem. A instituição de ensino mantém este curso técnico desde 2003, com 25 turmas concluídas e 625 formados neste período.
A coordenadora do curso, a enfermeira Catiana Benetti Foss Holdorf comemora o aumento do número de pessoas interessadas na formação profissional, demonstrando que elas possuem preocupação com o próximo. “Aumentou o número de interessados. E acredito que é devido, também, à pandemia. A área da saúde está em evidência, devido a grande necessidade de profissionais, afinal de contas a enfermagem fica 24 horas ao lado dos pacientes”, afirma Catiana.
A enfermeira explica que o Técnico em Enfermagem pode atuar em hospitais, unidades de saúde, clínicas geriátricas e outras, nos ambulatórios de farmácia  e no cuidado domiciliar. “O técnico de enfermagem precisa ser dinâmico, pró-ativo, ter empatia, gostar de trabalhar com pessoas, ter senso de equipe”, frisa.
O curso oferecido pela ACM em Canela é teórico e prático com dois anos de formação. São em torno de 18 meses de teoria e seis meses de prática nos hospitais e nas unidades de saúde.

ACM Região das Hortênsias
A ACM Região das Hortênsias iniciou as atividades de ensino em 2003 com o curso Técnico de Enfermagem e, em seguida, lançou o curso Técnico de Radiologia. Atualmente também desenvolve cursos profissionalizantes, de qualificação, além de aulas de idiomas. 
Confira em https://www.acm-rs.com.br/unidade/acm-regiao-das-hortensias/

O profissional
A profissão de Técnico em Enfermagem é regulamentada pela Lei nº 7498 de 26/06/1986 e Decreto nº 94406/87. O exercício profissional estabelecido na legislação determina que o Técnico em Enfermagem deve exercer atividades de nível médio, envolvendo orientação e acompanhamento do trabalho de Enfermagem em grau auxiliar e participação no planejamento da assistência de Enfermagem. Para o livre exercício da profissão ele deve estar registrado no COREN – Conselho Regional de Enfermagem.

Na foto, uma das últimas turmas formadas na ACM Região das Hortênsias.

Tags:Reconhecimento

Confira outros posts

Municípios ampliam a vacinação contra a Influenza a partir desta quarta-feira
Procon alerta para ciladas na Black Friday
Um mosaico embeleza o plenário da Câmara de Gramado

Cadastre o seu e-mail para receber nossas notícias e novidades!